Natura apresenta Manuela Rodrigues no lançamento de Se a Canção Mudasse Tudo, dias 4 e 5 de março, em Salvador

Cantora e compositora baiana inicia turnê no Teatro Sesc Senac Pelourinho e convida João Millet Meirelles e Marcelo Galter

Na próxima sexta-feira, dia 4 de março, a cantora e compositora Manuela Rodrigues inicia a turnê de seu novo disco Se a Canção Mudasse Tudo (Natura Musical), no Teatro Sesc Senac Pelourinho, com duas apresentações,  4 e 5 de março, às 20h. Manuela lança mais um trabalho autoral, o terceiro de sua carreira, consolidando-se como um dos principais expoentes da nova música baiana.

A direção artística ficou a cargo da atriz e diretora de teatro Fernanda Paquelet. “O show tem atmosfera vibrante e dançante. A sonoridade procura se aproximar da sonoridade do novo CD, explorando a formação de banda com percussão e eletrônicos”, afirma a cantora. Completam o time dos bastidores Márcio Nonato (iluminação), Luciana Galeão (Stylling Bubba de Campos), Bubba de Campos (make up) e Déo Carvalho (cabelo).

Para os shows, Manuela escolheu alguns dos músicos que participaram da gravação do disco: Jelber Oliveira (teclados e acordeon), Júlio Caldas (guitarra, cavaquinho e banjo), Son Melo (baixo), Lalo Batera (bateria) e Gustavo di Dalva (percussão), que é um dos produtores do álbum.

O show que celebra o novo projeto da cantora conta com participações de artistas que também contribuíram com o álbum. Em Salvador, sobem ao palco com Manuela João Millet Meirelles e Marcelo Galter. A produção das apresentações ficou por conta da Giro Produções Culturais.

O disco está disponível para download gratuito no portal Natura Musical (www.naturamusical.com.br). Além dos shows em Salvador, a turnê também passará por São Paulo, no Centro Cultural Rio Verde, dia 10 de março (quinta), e pelo Rio de Janeiro, no Centro Cultural Solar de Botafogo, dia 17 de março (quinta). Em todas as apresentações, os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

Manuela passeia com liberdade e pés firmes por diversos estilos da música popular brasileira.

Manuela passeia com liberdade e pés firmes por diversos estilos da música popular brasileira.

O projeto do disco e da turnê nacional de Se a Canção Mudasse tudo foi selecionado pelo edital Bahia 2013 do Natura Musical para receber o patrocínio do programa. Para a gerente de Marketing Institucional da Natura, Fernanda Paiva, o projeto vai ao encontro de uma das propostas do Natura Musical que é a renovação da música brasileira. “Manuela Rodrigues pertence à nova geração de cantoras baianas, e o novo disco afirma seu papel na renovação da música brasileira”, conclui.

Se a Canção Mudasse Tudo – Em uma afirmação do seu trabalho autoral, Manuela passeia com liberdade e pés firmes por diversos estilos da música popular brasileira, transparecendo a maturidade de quem já experimentou diversas sonoridades, mas que agora chega, com muita leveza e domínio, ao equilibro entre todas as influências que sempre fizeram parte de sua carreira. Com 14 canções, entre elas 11 autorais, “Se a canção mudasse tudo”, terceiro álbum da cantora e compositora baiana, versa, com serenidade e personalidade características, sobre todas as mudanças que aconteceram na vida de Manuela nos últimos anos, com um mergulho na família, na origem e no que se carrega e reflete na vida.

Diferentemente dos dois álbuns anteriores de Manuela, em que um produtor e uma única banda foram responsáveis por traduzir as ideias da cantora, “Se a canção mudasse tudo” é um projeto feito por muitas mãos. Os produtores Andre T, Gustavo di Dalva, João Milet Meirelles, Luciano Bahia e Tadeu Mascarenhas dividem as produções das faixas, em média três para cada um. Para traduzir com exatidão o som que buscava para cada música, Manuela formou um time com 30 dos principais músicos ativos e experientes no cenário musical baiano e nacional, do rock à guitarra baiana, do pop ao forró, do samba às batidas eletrônicas. Entre eles estão Junix, Júlio Caldas, Marcelo Galter, Ldson Galter, Gilmário Celso, Joatan Nascimento, Milton Pellegrini, Cicinho de Assis, Dudu Reis, Son Melo, Marcelo Brasil, Lalo e Victor Brasil.

Manuela Rodrigues – Com uma longa e significativa experiência artística e musical, a cantora e compositora Manuela Rodrigues vem conquistando espaço e reconhecimento ao longo de sua trajetória, que começou aos nove anos com estudo de flauta, piano erudito, iniciação musical, canto coral, até formar-se em Canto Lírico pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). A cantora ganhou destaque com apresentações em projetos como Petrobras de Música, Música no Porto, Música no Parque, Conexão Vivo.

Estudou música em New Orleans (EUA), passando a mergulhar no universo da experimentação musical. O reconhecimento de seu trabalho nos dois primeiros discos, “Rotas” (2003) e “Uma outra qualquer por aí” (2011), rendeu à cantora indicações e prêmios no Troféu Caymmi de Música, Festival de Música da Rádio Educadora e Prêmio Braskem de Cultura e Arte, com reconhecimento da crítica especializada e de nomes como Tom Zé. “Uma outra qualquer por aí” se destacou como um dos melhores do ano de 2011 pela revista especializada O Embrulhador e foi escolhido pelo crítico Daniel Achedjian para o site franco-português Tropicália MPB como o melhor disco do ano. Manuela já dividiu palco com artistas como João Bosco, Nação Zumbi, Lenine, Saulo Fernandes, além de ter participado de discos de Joatan Nascimento, Tuzé de Abreu, Mou Brasil.

Além de ter a composição como um traço forte em sua carreira, Manuela também se destaca pela forte presença de palco em suas apresentações. A cantora estudou teatro na UFBA e trabalha há 12 anos com preparação vocal para diversas montagens musicais como As Noviças Rebeldes (Cia Baiana de Patifaria, dirigida por Wolf Maia), Os Cafajestes, Escândalo (Fernando Guerreiro), Irmã Dulce (Deolindo Checcucci), Milagre na Baia (Rita Assemany) e muitos outros.

Natura Musical e a música brasileira

O Natura Musical, programa da Natura de apoio à música brasileira, completou dez anos em 2015, ocupando papel singular no cenário de patrocínio cultural do país. Com mais de 300 projetos patrocinados, o programa apoiou, desde 2005, a realização de mais de 1250 produtos culturais (cerca de 1100 shows, 106 CDs, 21 DVDs, 18 livros e 5 filmes), e se converteu numa plataforma de renovação da música brasileira. Hoje proporciona o lançamento de um volume de novos trabalhos comparável aos principais selos de música brasileira não orientados exclusivamente pelo mercado, com uma média de 20 discos por ano, além de patrocinar cerca de 150 shows pelo país, gratuitos ou a preços mais populares do que o mercado oferece tradicionalmente, no caso de artistas consagrados.

 

O programa patrocina projetos de renovação da música brasileira e preservação do legado por meio de diferentes frentes, como os editais públicos, que selecionam projetos de diversos formatos e estágios da produção cultural, por meio das Leis Rouanet e do Audiovisual em todo o Brasil, e da Lei do ICMS em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e no Pará; por Seleção Direta, que contempla propostas adequadas ao conceito do programa e de grande relevância e inovação, sem a obrigatoriedade das leis de incentivo; e com o festival Natura Musical.

 

OUÇA O CANAL DO NATURA MUSICAL NO SPOTIFY E SAIBA MAIS NO PORTAL

www.naturamusical.com.br

 

Sobre a Natura

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza. Líder no setor de venda direta no Brasil, registrou R$ 7,9 bilhões de receita líquida em 2015, possui mais de 7 mil colaboradores, 1,9 milhão de consultoras e operações na Argentina, Bolívia, Chile, México, Peru, Colômbia e França. Maior empresa B Corp do mundo, foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. A estrutura da companhia é composta por fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA), oito centros de distribuição no Brasil, um hub logístico em Itupeva (SP) e centros de Pesquisa e Tecnologia em São Paulo (SP), Manaus (AM) e Nova Iorque (EUA). Detém o controle da fabricante australiana de cosméticos Aesop, com lojas em países da Oceania, Ásia, Europa e América do Norte.  Produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras pela Revista Natura ou pela Rede Natura www.redenatura.net. Para mais informações sobre a empresa, visite www.natura.com.br e confira os seus perfis nas seguintes redes sociais: Linkedin, Facebook, Twitter e Youtube.

–Natura apresenta “SE A CANÇÃO MUDASSE TUDO”, com Manuela Rodrigues

SALVADOR

Onde: Teatro Sesc Senac Pelourinho.

Quando: 4 e 5 de março de 2016 (sexta e sábado).

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

Horário: 20h.

 

Assessoria de Comunicação Manuela Rodrigues

Salvador

Renata Alves 71 991659688, 999869688

Andrezza Nicolau 21 983328181

Nacional

Adriana Bueno 11 36754829, 976866631, adribuenocomunicacao@gmail.com

 

Assessoria de imprensa Natura Musical
Conteúdo Comunicação
Telefone: (11) 5056-9800

Leandro Lara: leandro.lara@conteudonet.com

Luciano Pereira: luciano.pereira@conteudonet.com

Paula Vianna: paula.vianna@conteudonet.com
Claudio Sá: claudio.sa@conteudonet.com
Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com
www.conteudocomunicacao.com.br
www.twitter.com/agenciaconteudo
www.facebook.com/agenciaconteudo

3 de março de 2016
2-MANUELARODRIGUES-CD-JoaoMiletMeirelles-8391-04 de julho de 2015

Se a Canção Mudasse Tudo

Natura apresenta Manuela Rodrigues no lançamento de Se a Canção Mudasse Tudo, dias 4 e 5 de março, em Salvador Cantora e compositora baiana inicia turnê […]
3 de março de 2016
14751959_m

Dia Mundial da Audição

Benefícios do tratamento precoce para perda auditiva na infância   Campanha global aumenta a consciência sobre a intervenção precoce e impactos positivos no desenvolvimento da linguagem e discurso […]
2 de março de 2016
maxresdefault

Querida! Vamos ter um cachorro?

Como para termos um filho é preciso fazer um planejamento, para criar um cachorro também é necessário nos organizar.   Essa relação entre os homens e […]
1 de março de 2016
Foto ilustrativa

Trombose é responsável pelo óbito de uma em cada quatro pessoas no mundo

No Brasil, mais de 40% da população não conhece os sintomas da doença, que pode levar à morte em estágio mais avançado  Uma pesquisa realizada pela […]