Multivista

Especialista dá dicas sobre prevenção e cuidados das doenças que mais atingem os homens no Brasil

 

Aproveitando o Dia do Homem – que acontece anualmente no dia 15 de Julho, é importante falar das doenças que mais atingem o sexo masculino. Quando comparado com as mulheres, o tempo de vida deles é 7 ou 6 anos menor. Doenças do coração, cardiovasculares, próstata e excesso de peso estão entre as principais causas de morte entre os homens.

doc

Segundo dr. Anis, o diagnóstico precoce das doenças aumenta as chances de cura, inclusive do câncer da próstata. O clínico geral dá algumas dicas que auxiliam na prevenção das principais doenças que atingem os homens. Confira:

Doenças cardiovasculares:   

As doenças cardiovasculares são aquelas que afetam o coração e artérias como infarto e acidente cerebral vascular (AVC) e também arritmias cardíacas, isquemias ou anginas. A principal característica das doenças cardiovasculares é a presença da aterosclerose, acúmulo de placas de gorduras nas artérias ao longo dos anos que impede a passagem do sangue. “Consultas regulares para controle de peso, medição de pressão arterial e até mesmo orientação com um especialista em nutrição são atitudes que previnem e controlam doenças”, acrescenta dr. Anis Mitri.

Segundo estudo do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia de São Paulo, em média 60% das vítimas de doenças cardiovasculares  são homens e com média de  idade de 56 anos.

Câncer de próstata: 

O câncer de próstata é o de maior incidência em homens e cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em pessoas com mais de 65 anos de idade.

De acordo com especialistas, para a prevenção o ideal é ter uma alimentação saudável com menos gordura, principalmente de origem animal. O exame preventivo deve ser feito a partir dos 40 anos de idade. Os exames são o digital da próstata, ecografia, toque retal (para indíviduos com alto risco de câncer) ou de sangue.

 Obesidade e diabetes: 

De acordo com dados da OMS – Organização Mundial de Saúde, o percentual de homens obesos no Brasil é maior que 15%. Nos últimos cinco anos nas principais capitais brasileiras, a porcentagem de homens acima do peso passou de 11,4% para 14.4%.

O aumento de peso está ligado a vários fatores como sociais, culturais, genéticos. “Pessoas acima do peso ficam vulneráveis a várias complicações como diabetes, doenças cardiovasculares, infarto do miocárdio, hipertensão e até infertilidade”, finaliza Dr Anis.

Fonte: Priscila Gomes – Agência NoAr

 

17 de julho de 2017
homem

A importância da saúde masculina

Especialista dá dicas sobre prevenção e cuidados das doenças que mais atingem os homens no Brasil   Aproveitando o Dia do Homem – que acontece anualmente […]
13 de julho de 2017
blog_muvin_saúde_09_08_2013-660x330

A desidratação é um risco em qualquer estação do ano

Quando se fala em hidratação, boa parte das pessoas logo pensa em verão, sol e calor. E é aí que mora o perigo. Em estações como […]
13 de julho de 2017
equoterapia

Equoterapia é alternativa para o tratamento do autismo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), ou simplesmente Autismo, é uma doença em que há, por parte do paciente, a dificuldade de interação social, o déficit de comunicação e padrões […]
10 de julho de 2017
CÍNGOLO

Aplicativo fornece técnicas e exercícios para fortalecer a autoestima

O Cíngulo é um aplicativo de autoconhecimento e apoio emocional desenvolvido com intuito de fortalecer a autoestima das pessoas. O aplicativo é resultado de mais de […]