Multivista

Como para termos um filho é preciso fazer um planejamento, para criar um cachorro também é necessário nos organizar.

 

O ambiente onde serão criados é fundamental para a saúde do cão.

O ambiente onde serão criados é fundamental para a saúde do cão.

Essa relação entre os homens e os cachorros marca a vida de gerações de famílias. Há pessoas que não são afeiçoadas com a ideia. Mas, quem gosta de cachorro é difícil viver sem a companhia dos caninos. Existem sim, pessoas que agem por impulso e adquirem um animal de uma raça por acharem bonito ou por indicação de amigos. Depois vem o problema de adaptação, maus tratos ou abandono. Criar um cão é coisa séria e precisamos ter alguns cuidados na hora desta decisão. Alimentação correta, vacinação, cuidados com a saúde, atividade física são obrigações que o criador deve estar sempre atento.

O site www.cachorroideal.com orienta que você precisa tentar da melhor maneira possível combinar seu estilo de vida às características físicas, ao temperamento e às necessidades particulares do cão. Após fazer essas reflexões, é chegada a hora de decidir entre a idade, o tamanho, o sexo e, em seguida, escolher um cão com pedigree ou um sem raça definida.

Pastores Alemães ou Borzóis não são cães para viverem no 16º andar de um prédio. A proporção do consumo de alimento de um Dogue Alemão é equivalente a de um leão de dois anos de idade. Os Afgan Hounds requerem uma escovação constante. Pense bastante, seriamente, e tome uma decisão baseada nas informações corretas.

Se você não tem o espaço e nem está disposto a caminhar com o seu cão, ou se as condições financeiras são limitadas, que tal pensar pequeno – um toy ou uma raça menor? Cães pequenos tem uma vantagem sobre outras raças maiores no que tange à expectativa de vida; os toys, entretanto, não vivem tanto quanto outras raças menores comuns.

Cada raça tem suas características.

Cada raça tem suas características.

Outras raças como o Setter irlandês, por exemplo, têm muita energia e são ótimos para acompanhar as brincadeiras das crianças mais agitadas, enquanto outras raças, como o Yorkshire preferem a tranquilidade e podem desapontar as crianças que esperavam no cachorro um companheiro para brincadeiras mais enérgicas.

Raças como o Husky Siberiano, apesar de sua aparência de lobo, não servem como cães de guarda, pois não possuem instinto territorial forte e não desconfiam de estranhos. Outras raças como o Fila Brasileiro possuem este instinto e são excelentes cães de guarda. Cães como o Pug embora sejam ótimos cães de apartamento e companhia não são uma boa opção se você quer um cão que lhe acompanhe durante caminhadas e exercícios. Raças como o Collie e o Border Collie são raças maravilhosas, mas que precisam de atividade e de passeios ou ficarão entediados e podem se tornar destrutivos.

Todas as diferentes raças que existem têm diferentes aptidões e diferentes funções, e se informar sobre a raça que você quer comprar ou adotar antes de levá-la para casa é a melhor maneira de saber se ela se adapta ao seu estilo de vida e ao que você espera dela.

Para transformar alguns animais em cães de guarda, muitas pessoas os confinam longe da família e de toda socialização, tornando-os ferozes e completamente anti-socias. O verdadeiro cão de guarda possui naturalmente um forte instinto territorial e desconfia de estranhos, atacando os invasores de seu território e defendendo sua família. Por isso, a importância da escolha da raça adequada e da “posse responsável”, independente do que se queira do cão.

O acompanhamento de um veterinário também é importante.

O acompanhamento de um veterinário também é importante.

Se você precisa de um cão de guarda, para que optar por um cão de raça? Os vira-latas são baratos, de vários tamanhos, dão e recebem carinho como qualquer outro cão e estão bem menos propensos às doenças hereditárias, podendo apresentar uma saúde natural ou aquilo que os cientistas denominam de “Vigor Híbrido”.

A partir de um estudo feito pelo Kennel Club e pelo psicólogo canino Stanley Coren, escritor do livro “A inteligência dos cães”, foram elaboradas algumas listas com a relação dos cães que melhor se adaptaram aos diversos estilos de vida:

 

 

Fonte: www.cachorroideal.com

2 de março de 2016
maxresdefault

Querida! Vamos ter um cachorro?

Como para termos um filho é preciso fazer um planejamento, para criar um cachorro também é necessário nos organizar.   Essa relação entre os homens e […]
1 de março de 2016
Foto ilustrativa

Trombose é responsável pelo óbito de uma em cada quatro pessoas no mundo

No Brasil, mais de 40% da população não conhece os sintomas da doença, que pode levar à morte em estágio mais avançado  Uma pesquisa realizada pela […]
1 de março de 2016
A circunferência abdominal denuncia o perigo!

Xô, sedentarismo! E agora, o que fazer?

Definitivamente, o sedentarismo é altamente prejudicial à saúde. Então, certo dia, você decide: – Vou começar a praticar exercício físico. Parabéns! Mas, antes, é preciso observar […]
1 de março de 2016
Estes óleos são substâncias aromáticas extraídas de plantas e frutas.

Por que tratar a TPM com aromaterapia é uma boa opção?

Os sintomas da TPM atingem milhares de mulheres ao redor do mundo, mas a terapia alternativa pode ajudar a passar por esses dias com mais calma. […]