Pesquisa revela que cerca de 70% das mulheres apresentam queda do desejo sexual depois do parto

hernia-de-disco
Entenda a hérnia de disco e como minimizar os efeitos da doença
1 de julho de 2016
queda-nas-vendas
Verificar os ingredientes dos alimentos industrializados ajuda a proteger a saúde
1 de julho de 2016

Pesquisa revela que cerca de 70% das mulheres apresentam queda do desejo sexual depois do parto

CA-comportamento-ciumes-marido-bebe-D-732x412

Levantamento do projeto “Mães que pensam naquilo” mostra que mais da metade das mulheres relata dor na hora da relação

 

Cerca de 70% das mulheres brasileiras apresentam queda do desejo sexual depois do parto e mais da metade sente dor durante o sexo. É o que revela pesquisa inédita realizada pelo projeto “Mães que pensam naquilo”, programa de empoderamento feminino na área de qualidade vida e sexualidade no pós-maternidade.

Um dos dados que mais chama a atenção é que apenas uma pequena parte da mulheres que sentem dor na relação, menos da metade, procura ajuda de um profissional médico.

A pesquisa foi realizada entre os meses de maio e junho deste ano, com 108 mulheres. A maioria das respondentes tem entre 31 e 40 anos, foram mães entre 21 e 31 anos, tem um filho e deram à luz por cesárea. (veja o perfil completo da pesquisa aqui).

A disfunção sexual nas mulheres resulta de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, bloqueando parcial ou totalmente a resposta sexual relacionada ao desejo, à excitação e ao orgasmo.

A disfunção sexual nas mulheres resulta de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, bloqueando parcial ou totalmente a resposta sexual relacionada ao desejo, à excitação e ao orgasmo.

A iniciativa da pesquisa surgiu de duas mães, Carol Martins e Leda Sangiorgio, que estavam enfrentando problemas em relação à sexualidade depois do parto. Após a criação de um grupo fechado no Facebook, perceberam que não estavam sozinhas.

“Foi incrível a quantidade de mulheres que começaram a participar do grupo em busca de ajuda. Quando pesquisamos na internet, percebemos que não há um projeto dedicado ao tema, apenas alguns artigos, com pouca profundidade. Decidimos então criar o “Mães que pensam naquilo”, para ser um lugar onde essas mulheres possam ter apoio, informação e para que possam compartilhar as suas histórias”, explica Leda, uma das idealizadoras do projeto.

“A disfunção sexual nas mulheres resulta de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, bloqueando parcial ou totalmente a resposta sexual relacionada ao desejo, à excitação e ao orgasmo. Isso pode ocorrer em qualquer fase da vida, porém durante a gravidez e no pós-parto, os problemas sexuais são mais comuns do que se imagina”, acrescenta.

A pesquisa deixa claro que o diagnóstico das disfunções sexuais é baixo, uma vez que poucas mulheres procuram o médico para relatar seus problemas. Entretanto, a sexualidade é fundamental para a qualidade de vida e também para o relacionamento a dois.

“Pelos relatos que recebemos desde o lançamento do projeto, pudemos perceber que os problemas são diversificados, ou seja, o sexo é apenas parte da questão. A mulher precisa encarar um novo corpo, há o cansaço, o estresse, as múltiplas funções, o medo de engravidar de novo, enfim, uma série de fatores que limitam uma vida sexual e amorosa saudável depois dos filhos”, conta Carol.

Além dos conteúdos nos diversos canais do projeto (Facebook, blog, Youtube, Instagram, etc.), serão promovidos eventos para debater o assunto, com profissionais da área de saúde.

“É muito gratificante saber que estamos ajudando centenas de mulheres a entender que não estão sozinhas, que a maioria das mães passa por essa fase e que é possível buscar ajuda, aliás é fundamental ter suporte para enfrentar essas mudanças”, conclui Leda.

Pesquisa completa: http://www.maesquepensamnaquilo.com.br/wp-content/uploads/2016/06/maes-que-pensam-naquilo-pesquisa-27.06-1.pdf

Para saber mais acesse:

Site: www.maesquepensamnaquilo.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/maesquepensamnaquilo

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCZSfgNe1J8bPPpGhyCBJT7A

Contatos para a imprensa
Leda Sangiorgio
leda@maesquepensamnaquilo.com.br
(11) 98902- 0053

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *